Ensinar sempre foi uma tarefa das mais nobres. Lidar com pessoas ávidas por conhecimento, administrar as necessidades e os sonhos de tanta gente, tentar mostrar que os caminhos do conhecimento sempre serão os mais seguros e produtivos é tarefa para obstinados.

Durante toda a minha experiência na ENT pude – muito mais do que ensinar – pude aprender muito sobre amor à missão de fazer da arte de representar uma disciplina respeitada. Acompanhei o cotidiano da escola,  presenciei a batalha diária para fazer com que o espaço físico da escola fosse cada dia mais apropriado à prática teatral. Vivenciei montagens teatrais  e a paixão geral que o fazer teatral provocou nos alunos e em todo mundo envolvido nessas experiências.

Resistir durante 20 anos só nos mostra que o caminho é mesmo esse.

Assim como qualquer outra tarefa levada a sério, nada se resolve em uma semana.

Fazer teatro é um exercício diário e paciente. E é tarefa para anos.

E que bom que existem lugares como a ENT, que está sempre de portas abertas para receber a turma que ama o teatro e que deseja exercitar esse amor.

Esses 20 anos de multiplicarão para o bem da cultura e da atividade teatral.

E eu estarei,  de perto ou de longe, trabalhando e torcendo pela ENT.

Giuseppe Oristanio

Ator

%d blogueiros gostam disto: