Tô aqui pensando. Me vejo há quarenta anos atrás, aí no ABC, mais específicamente na Fundação de Artes de S.Caetano do Sul, tendo minhas primeiras aulas sôbre o que seria a razão de minha vida profissional até os dias de hoje: o teatro. Me comovo e agradeço aos Deuses a benção por ser colocado nesta estrada. De aprendizado, de luta, de encontros, de superações . Exercício de Vida. Nobre. Lúdico e responsável. Com o teatro creio que cresci como ser humano.        Num mundo tão multifacetado, o Teatro ainda é o Templo . Seres humanos comungam, compartilham . Vibração epidérmica. Ôlho no ôlho. TEMPLO. Exigente. Infinito. E quando ano passado estive aí na Escola Nacional de Teatro, vi nos olhos de tantos jovens o meu olhar há quarenta anos atrás. E agradeci . Viva o Teatro. Viva a Escola Nacional de Teatro. Parabéns . Vida longa.

Zecarlos Machado (ator)

%d blogueiros gostam disto: