APRESENTANDO:

Mantenedores

Diretor Geral e Professor

RENATO JACOB

Ator, diretor, cenógrafo e fundador da Escola Nacional de Teatro.

Formado em Arte Dramática. Fez parte dos grupos de estudos do Grupo Tapa em SP pesquisando Anton Tchekhov e Matei Visniec com Clara Carvalho e Malu Bassan. Nelson Rodrigues com Brian Penido Ross e Guilherme Sant’anna. Em sua trajetória de formação diretor e de ensino como professor pesquisa a estética realista e impressionista sob viés do sistema Stanislavski.

Especializou-se em interpretação para televisão estudando com profissionais com Vida Alves, Wolf Maya, Dennis Carvalho e Walter Avancini.

Na área de TV  também estudou e produziu cursos com vários diretores tais como: Wolf Maya, Aloyzyo Filho, Lucia Abreu, entre outros. No cinema teve a oportunidade de estudar com os cineastas: Cristiano Burlan, Rejane Arruda e Ivo Muller; E com o preparador de elenco Luís Mário Vicente.

Trabalhou ao lado dos renomados Renato Scripilitti e João Roberto Simões, cenógrafo e produtor respectivamente, realizando com eles mais de 25 espetáculos profissionais trabalhando com nomes como Raul Cortez, Antônio Fagundes, Bibi Ferreira, Marcos Caruso, Jandira Martini, Francarlos Reis, Gianni Ratto entre outros.

Entre seus trabalhos mais relevantes ressalta-se: a primeira montagem de “Visitando Sr Green” com Paulo Autran e direção de Elias Andreatto, “Procura-se um Tenor” com direção de Bibi Ferreira, “Porca Miséria” com direção de Gianni Ratto, “Greta Garbo Quem diria Acabou no Irajá” com direção de Wolf Maya, “Algo em Comum” com Clarisse Abujamra e direção de Marcio Aurélio, “Descalços no Parque” com direção de Jacques Lagoa, “Visão Cega” com direção de Zé Renato. “O Vison Voador” com direção de Ary Toledo e “A Importância de Ser Fiel” do Grupo Tapa.

Diretora Pedagógica e Professora

ANDREA WEBER

Diretora teatral e sócia diretora da Escola Nacional de Teatro, licenciada em Pedagogia e Bacharel em Comunicação Social, desde o início de sua trajetória profissional no teatro tem como orientadora a atriz e diretora Imara Reis. Tem como principais influências em sua carreira as experiências com nomes como Denise Weinberg, Julia Varley e Eugenio Barba (Odin Teatret/DIN), Maurice Durozier (Théâtre du Soleil/FRA), Magaly Muguercia (Celcit/AR) e Lúcia Romano (UNESP). Desde 2015 se dedica à pesquisa da Técnica Michael Chekhov junto à Michael Chekhov Brasil. Orientou o Núcleo de Treinamento e Práticas de Interpretação (2017) voltado para a pesquisa da relação do ator com o texto dramatúrgico a partir de Michael Chekhov e Harold Guskin.

Por dois anos (2016/17) orientou o LAB Laboratório de Investigação e Treinamento Atoral voltado para treinamento do ator com base na Antropologia Teatral, em Barba, Meyerhold e Grotowski.. Há 8 anos é Docente em Teoria da Interpretação e Interpretação no Curso Técnico em Teatro, tendo dirigido diversos espetáculos de conclusão de curso. Fora das montagens pedagógicas, entre seus trabalhos de direção mais representativos estão: “Um Inimigo do Povo” de Henrik Ibsen, “Jaula de Amor” da dramaturga uruguaia Marianella Morena, “Os Amantes de Teruel” de Tirso de Molina e “O Doente Imaginário” de Moliére.

Orientação Artística

Orientadora Artística

IMARA REIS

Imara Reis é atriz e diretora, começou  sua vida artística no teatro estudantil do Colégio Santa Marcelina no Rio de Janeiro e, nesta mesma época, participou de um coletivo que fazia curtas-metragens amadores para os festivais JB (Jornal do Brasil); depois, já na Universidade Federal Fluminense, junto com outros colegas criou o GRUPO LABORATÓRIO no qual permaneceu de 1968 até se formar em 1972, em  Letras – Francês/Português. Terminada a graduação foi convidada por Tonico Pereira para participar do Grupo Chegança de Luiz Mendonça e Ilva Niño. Nesta época trabalhou  na montagem histórica de Calabar, direção de Fernando Peixoto e produção de Fernanda Montenegro e Fernando Torres. Em 1975, muda-se para São Paulo, com o Grupo Chegança. Aqui refizeram Lampião no Inferno (na montagem carioca atuava o lendário Madame Satã) e Viva o Cordão Encarnado. Quando o Grupo saiu em excursão pelo Brasil ela permanece  em São Paulo por causa da pós-graduação em Teatro na USP, sob a orientação de Miroel Silveira. Sábato Magaldi, Clóvis Garcia, Celia Berretini foram alguns de seus professores. Já como atriz free-lancer trabalha sob a direção de Mario Masetti, em Porandubas Populares e depois em Lição de Anatomia de Carlos Mathus. Estes foram os começos. Muitas peças, filmes, novelas, seriados e diretores de Teatro e Cinema depois, afinal já são 47 anos de profissão, segue atuante. Sendo que a partir de meados dos anos 1990 começa a trabalhar dando Oficinas e com Formação. Em sua extensa carreira pode trabalhar com inúmeros e talentosíssimos colegas que colaboraram enormemente sua formação. Cito alguns: Cecil Thiré, Emilio di Biasi, Osmar Rodrigues Cruz, Guilherme de Almeida Prado, Iacov Hillel, Lauro Escorel, Sergio Bianchi, Enzo Barone, Julinho Xavier, David Neves, Gianni Ratto, Clovis Levi, Sergio Mamberti, Claudio Mamberti,Flavio Império, Carmem Silva, Selma Egrei, José Rubens Chachá, Cacilda Lanuzza, Laura Cardoso, Marcia Real, Beatriz Segall, SergioToledo, Denise del Vecchio, Denise Fraga, José de Anchieta, Wolf Maya, Walter Lima Jr, Roberto Lage, Ricky Mastro, Augusto Fernandes. Entre tantos parceiros atores, dramaturgos, roteiristas, diretores de fotografia. Dirigiu também alguns espetáculos.  Ano passado foram MAU ENCONTRO E MAIS QUE PENA! Preocupada com a busca pela excelência da análise e compreensão de texto, criou a oficina “No Princípio é o Verbo”.  Sua  biografia foi publicada na coleção APLAUSO, escrita por Thiago Sogayar Bechara, numa iniciativa de Rubens Ewald Filho

Equipe Administrativa

Professores Regulares

O corpo docente da ENT é formado por atrizes, atores, diretoras, diretores, dramaturgas, dramaturgos, pesquisadoras, pesquisadores, que dedicam-se às atividades artísticas atuando no mercado e às atividades formativas lecionando em escolas ou projetos individuais.
Nossa equipe é formada essencialmente por licenciados em Artes Cênicas, Pós Graduados, Mestres ou profissionais de reconhecida atuação especialistas em suas áreas de pesquisa

Professores Convidados